Tratamentos para bexiga hiperativa

Ter uma bexiga hiperativa pode ser desconfortável e, francamente, um pouco chato. Talvez não exista nada mais cansativo do que ir ao banheiro um milhão de vezes por dia.

Embora sentir o impulso repentino de urinar várias vezes ao dia não seja lá muito agradável, também não precisa atrapalhar a sua vida. É essencial identificar os sintomas e entender as causas da bexiga hiperativa para elaborar um plano de controle da bexiga que não prejudique a sua rotina diária.

O que é uma bexiga hiperativa?

Ter uma bexiga hiperativa significa que os músculos da bexiga se contraem involuntariamente, gerando o desejo de urinar, mesmo quando a bexiga ainda não está cheia. Isso significa ter vontade de urinar mais de oito vezes por dia ou levantar-se mais de duas vezes no meio da noite para urinar.

Por que isso acontece?

A bexiga hiperativa, também conhecida como incontinência de urgência, ocorre quando os nervos ao redor da bexiga disparam com muita frequência ou intensidade. Isso faz com que os músculos da bexiga se contraiam, e você precisa sair correndo atrás de um banheiro.

A bexiga hiperativa ocorre quando os nervos ou músculos ao redor da bexiga estão danificados. Como resultado, os espasmos da parede da bexiga fazem com que você sinta um desejo contínuo e desconfortável de urinar. Danos em outras partes do sistema nervoso também podem contribuir, principalmente quando há uma espécie de soluço na comunicação entre a bexiga e o cérebro. Isso significa que o cérebro não recebe os sinais adequados de quando é a hora de urinar.

Doenças como esclerose múltipla, Parkinson, diabetes e derrame podem causar danos que levam à incontinência de urgência. Alguns medicamentos também podem influenciar.

O que você pode fazer em relação a isso?

Embora possa parecer arrasador no início, várias mudanças diretas no estilo de vida podem ajudar a controlar a sua bexiga hiperativa e trazer um grande alívio. A vida é muito boa para deixar que algo como uma irritação de bexiga a impeça de viver ao máximo. Experimente estes tratamentos para bexiga hiperativa:

Exercite o seu assoalho pélvico:

O assoalho pélvico é um sistema de músculos e ligamentos que forma uma espécie de estrutura de apoio para o sistema urinário. Os exercícios para o assoalho pélvico, que talvez você conheça como exercícios de Kegels, servem para fortalecer os músculos o suficiente para ajudar a superar os espasmos. Assim como em qualquer exercício físico, os resultados vêm com o tempo. A prática leva à perfeição. Persista e, em breve, começará a ver os resultados. 

Mantenha-se hidratada:

Pode parecer estranho como um tratamento para bexiga hiperativa. Afinal, se você sente vontade frequente e intensa de urinar, por que iria beber mais? No entanto, quando você não bebe água suficiente, a sua urina fica mais concentrada e ácida, o que pode irritar a sua bexiga. Portanto, não deixe de beber água o suficiente todos os dias.

Adote uma dieta amigável para a bexiga.

Certos alimentos e bebidas podem agir como irritantes para o sistema urinário (principalmente tornando a urina mais ácida e aumentando o desejo de urinar com mais frequência). Isso inclui cítricos, álcool, cafeína, bebidas com gás, como sodas e refrigerantes, e até chocolate. Dê um descanso para a sua bexiga, limitando esses alimentos. Evitar alimentos altamente ácidos, como tomates e cranberries (É isso mesmo! Beber suco de cranberry, na verdade, não é uma ideia tão boa, apesar da sabedoria popular) também pode aliviar os seus sintomas. Comidas apimentadas também são outra grande causa. Consumir alimentos amigáveis à bexiga é um tratamento simples e ativo para recuperar o controle da sua bexiga hiperativa.

Tente treinar a sua bexiga:

O treinamento da bexiga pode prolongar o tempo entre as visitas ao banheiro e aumentar a quantidade de urina que a bexiga é capaz de reter, proporcionando um maior controle da bexiga. Comece segurando a urina por cinco minutos toda vez que sentir vontade de urinar. Quando isso ficar fácil, tente segurá-la por dez minutos e vá aumentando gradualmente, fortalecendo os músculos da bexiga com o passar do tempo. Outra maneira de treinar a bexiga é fazer um “planejamento”, indo ao banheiro em um horário fixo (digamos, uma vez por hora, no início), mesmo que você não sinta vontade de urinar. Após se sentir confortável com o seu planejamento, tente aumentar a quantidade de tempo entre cada visita programada ao banheiro.

Vácuo duplo:

A técnica de vácuo duplo é uma maneira de urinar que garante que você elimine toda a urina da bexiga, para não ser pega de surpresa com uma necessidade urgente de urinar logo após ter saído do banheiro. Faça o seguinte: depois de urinar, permaneça no banheiro por 30 segundos e urine novamente.

Procure um médico

Se você não obtiver resultados com as soluções comportamentais, você pode consultar o seu médico sobre as suas opções de tratamento. Cada um tem suas próprias vantagens e desvantagens; por isso, avalie cada opção e escolha a melhor para você e o seu estilo de vida.

Algumas soluções alternativas

Sabemos que ter uma bexiga hiperativa nem sempre é fácil. Mas isso não precisa controlar a sua vida! Aqui estão alguns tratamentos alternativos para bexiga hiperativa que são diretos e simples, mas oferecem uma grande recompensa!

Faça exercícios:

Os exercícios podem ajudar a eliminar os quilos extras. Controlar o peso é útil para uma bexiga hiperativa porque o excesso de peso exerce pressão sobre a bexiga e os músculos do assoalho pélvico, o que pode levar à incontinência por estresse. Fazer mais caminhadas pelo quarteirão (ou pelo parque) é uma forma simples e fácil de exercitar-se.

Mantenha a sua regularidade:

Manter os movimentos intestinais regulares elimina a pressão extra e desnecessária sobre a bexiga. Para manter a sua regularidade, não se esqueça de comer muitas fibras. Tente comer ameixas secas de lanche como um tratamento para bexiga hiperativa. Além de ser doce, a ameixa oferece um impulso extra para movimentar o sistema.

Acupuntura:

Usando agulhas muito finas inseridas em pontos estratégicos do corpo, os acupunturistas podem agir diretamente sobre as vias nervosas específicas relacionadas à micção. Isso pode aliviar alguns dos sintomas de uma bexiga hiperativa.

Pare de fumar:

A fumaça do cigarro pode agravar os músculos da bexiga. A tosse do fumante também pode desencadear pequenos escapes de urina. Levar um estilo de vida saudável pode melhorar muito os sintomas de uma bexiga hiperativa!

Compre o Pelve-Forte seu pequeno treinador íntimo! 

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados